Esta conhecida marca de automóveis também faz aviões

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
A Honda começou a considerar a hipótese de entrar no mercado de aviões ainda nos anos 80, para cumprir um velho sonho do fundador da marca, Soichiro Honda.

A Honda é um das mais conceituadas marcas de automóveis e motociclos, mas as suas atividades empresarias não se limitam somente aos veículos de passageiros de quatro e de duas rodas. O construtor japonês também tem divisões para veículos de trabalho (Honda Power Equipment), embarcações (Honda Marine)… e aviões (HondaJet). A marca japonesa está há menos de cinco anos no mercado com o seu primeiro e (para já) único produto, um jato privado ultraleve, denominado Hondajet HA-420.

A Honda começou a considerar a hipótese de entrar no mercado de aviões ainda nos anos 80, para cumprir um velho sonho do fundador da marca, Soichiro Honda. Dois protótipos foram construídos antes de Michimasa Fujino idealizar o HondaJet, em 1997. Um protótipo ficou pronto em 2003, a tempo da marca autorizar a sua produção em série no ano seguinte, e mostrar a sua nova proposta ao mundo no ano seguinte. Fujino, que até aí era apenas um engenheiro, foi nomeado líder da nova divisão Honda Aircraft Company, para produzir o HondaJet. O quartel-general da nova divisão da marca japonesa foi então construído em Greenboro, no estado americano da Carolina do Norte, junto ao Aeroporto de Piedmont Triad.

Para penetrar com sucesso num mercado muito competitivo e cheio de concorrência muito mais experiente, o criador do HondaJet idealizou a sua nova máquina com o objetivo de que esta fosse mais leve e mais eficiente que qualquer outro jato privado. E foi esta preocupação em fazer um produto diferenciado que levou a atrasos na conceção, certificação e produção da primeira aeronave da Honda. O primeiro protótipo de produção só ficou pronto no final de 2010, quando estava planeado que os primeiros aviões da marca estivessem prontos para entregar ao público. A Honda teve que esperar até dezembro de 2015 pela certificação, e mas nesse mesmo entregou a primeira unidade a um cliente. Hoje, a gama de aviões da HondaJet inclui três variantes com base no mesmo design, mas com diferentes acabamentos, disponíveis tanto na América do Norte como na Europa.

Fonte:

Gostou? Deixe seu comentário