Artigos

eep Renegade 2018 ganha novas versões

Jeep Renegade 2018 ganha novas versões e parte de R$ 74.490

Algumas configurações ficaram mais baratas. Há ainda uma opção para pessoas com deficiência por R$ 69.990.

A Jeep anunciou nesta segunda-feira (21) a chegada da linha 2018 do Renegade. O SUV, que já foi o mais vendido da fabricante, perdeu espaço para o Compass. Agora, ganhou novas configurações, enquanto algumas versões tiveram o preço reduzido em até R$ 7 mil.

A versão Custom chega para substituir a 1.8 como opção de entrada. Há ainda a série especial Night Eagle, enquanto o catálogo Limited passa a ser oferecido também com motorização 2.0 diesel de 170 cavalos, além da 1.8 flex de 139 cv.

Veja todos os preços:

  • Custom 1.8 manual – R$ 74.490 (não existia)
  • Custom 1.8 automática – R$ 69.990 (exclusiva para pessoas com deficiência)
  • Sport 1.8 manual – R$ 82.990 (era R$ 80.990)
  • Sport 1.8 automática – R$ 89.990 (era R$ 87.990)
  • Longitude 1.8 automática – R$ 94.990 (era R$ 92.990)
  • Night Eagle 1.8 automática – R$ 96.490 (não existia)
  • Limited 1.8 automática – R$ 99.990 (era R$ 98.990)
  • Custom 2.0 diesel automática 4×4 – R$ 108.990 (não existia)
  • Longitude 2.0 diesel automática 4×4 – R$ 118.690 (era R$ 123.490)
  • Night Eagle 2.0 diesel automática 4×4 – R$ 120.190 (não existia)
  • Limited 2.0 diesel automática 4×4 – R$ 124.990 (não existia)
  • Trailhawk 2.0 diesel automática 4×4 – R$ 129.990 (era R$ 136.990)
Easy Carros conecta clientes a profissionais automotivos

Easy Carros conecta clientes a profissionais automotivos

Easy Carros conecta clientes a profissionais automotivos

Startup Easy Carros conecta clientes a profissionais automotivos e, segundo a companhia, já auxilia a economia de até 30% para empresas que utilizam a plataforma na gestão de suas frotas. Lançada em janeiro de 2015, a empresa reúne, em um único ambiente, prestadores de serviços que oferecem opções como lavagem ecológica, enceramento, polimento, higienização […]

Fonte

Sugestão que tramita em comissão do Senado quer acabar com o IPVA

Sugestão que tramita em comissão do Senado quer acabar com o IPVA

A ideia foi recebida pelo portal e-Cidadania e apoiada por mais de 20 mil internautas

Uma sugestão que pede a extinção do Imposto sobre Veículos Automotores (IPVA) tramita na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal. A ideia foi apresentada por meio do portal e-Cidadania e apoiada por mais de 20 mil internautas.

O autor da sugestão Amaurício Borba, que mora em Santa Catarina, argumentou que a carga tributária brasileira é muito alta e que “o Poder Público presta serviços ruins aos cidadãos”. Na opinião dele, seria preferível diminuir a quantidade de impostos existentes.

No caso dos veículos, além de impostos embutidos no preço, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), ainda incide o IPVA, pago anualmente.

Segundo informações do Senado Federal, a SUG 33/2017 aguarda a designação de um relator na CDH. Depois disso, o relator escolhido vai estudar o assunto e propor a transformação da sugestão em projeto de lei ou o seu arquivamento.

Enviando sugestões ao senado

Conforme as regras do portal, qualquer cidadão pode apresentar ideias de novas leis. Aquelas que alcançam o apoio de pelo menos 20 mil internautas são encaminhadas à CDH para análise dos senadores. Confira as regras no site.